sexta-feira, 15 de setembro de 2017

A falta que faz...

A falta que me faz saber que a 15 minutos de distância tinha o meu porto seguro, saber que alívio tinha o meu refúgio.
A falta que me faz não ter aquele cheirinho bom que nos acalma, que nos conforta, aquele cheirinho que nos faz adormecer á noite...

Sinto falta daquele abraço, daquele beijo, do toque e principalmente da voz que me saudava com um bom dia!

Tenho saudades de ter com quem falar, de alguém com quem sair, de ter alguém quer me pergunte "vamos beber um café?"

A falta que me faz...

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Está a desaparecer

Tenho uma camisola  que na qual me tenho enroscado todas as noites para adormecer, está camisola foi me emprestada por ele! Ao princípio não achei muito boa ideia tela trazido para casa mas tem feito maravilhas... Esta camisola tem sido uma espécie de terapia, conforme as noites vão passando o cheiro vai desaparecendo e eu vou deixando de sentir aquela falta que ele me fazia, um dia destes já o cheiro não existe e há-de de passar a ser só uma méra camisola!

O cheiro que a noite leva, leva com ela também a tristeza e aos poucos tem me trazido pequenos raios de sol que têm vindo dar um pouco de cor aos meus dias acizentados...

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Foi estranho

Sinto tantas saudades dele, sinto saudades do seu toque, do seu abraço, do seu beijo, sinto falta da sua presença. Ainda vou tendo algumas recaídas não o posso negar, e estás recaidas dão me para chorar compulsivamente e quando me consigo acalmar só o meu soluçar se ouve, mas neste momento já só sinto a sua falta.
Como é óbvio ainda não me sinto preparada para avançar com ele só para uma amizade...

Hoje felizmente ou infelizmente não sei muito bem...ele teve que passar cá por casa, porque precisava do profissionalismo da minha mãe para ela lhe retirar uns espinhos de ouriço do mar do pé.
Fiquei surpreendida comigo mesma, e da forma como consegui ser forte e mostrar alguma indiferença enquanto ele cá esteve! Parecíamos uns parolos, nem nos cumprimentar ou despedir soubemos fazer como deve ser...eu própria não sabia se lhe haveria de dar um abraço, ou um beijinho na bochecha...Foi estranho!!
Assim que ele se foi embora o meu coração já não gritou por ele, como eu pensei que fosse acontecer. Até estou bastante calma por enquanto, o que não significa que amanhã não me dê uma recaída, não é isso que eu quis dizer...eu quis dizer que sinto que o meu coração já se está a conseguir recompor, e que a chama que eu tinha por ele já está guardinha num lugarzinho do meu coração!

Mas quem sabe só o tempo o dirá, se daqui a uns tempos não nos reconciliarmos e se não voltaremos a estar juntos.... afinal a esperança é a última a morrer, e eu só espero que um dia consigamos estar bem um com o outro sendo amigos ou não!

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Afinal não estava preparada

Hoje está a ser um dos piores dias da minha vida em termos emocionais...Eu e o Y acabamos!
Acho que isso já diz tudo por si, não?

Já não tínhamos uma relação saudável, já não estava a ser bom para nenhum dos dois. Foi uma decisão mutua, mas a dor que se sente de perder-se alguém de quem se gosta foi pra além das minhas expectativas.
Estou pior que um trapo velho depois de limpar o pó, nunca me senti tão mal na minha vida.
Sinto-me uma fraca, sinto-me estúpida por estar assim sabendo que tentei e fiz de tudo para que isto tivesse resultado.

Por um lado sinto que falhei, mas por outro o meu coração consegue descansar pois tenho a consciência tranquila de que tentei. Uma mensagem dele neste momento era tudo o que eu queria, mas sei que não pode ser, talvez assim seja melhor para os dois....

terça-feira, 5 de setembro de 2017

Mas que anciedade

Está anciedade está a dar cabo de mim, já não sei para que lado me virar, nem dormir consigo...

A cada dia que passa este nervosismo consome-me por dentro, eu quero uma resposta, preciso de uma resposta.
Não que a minha vida dependa disso mas afetame emocionalmente.

Esperando...

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Um momento difícil

Fez dia 29 de agosto 1 ano e 3 meses que namoro. Neste momento as coisas entre o Y e eu já não são o que eram, e eu própria já me mentalizei que se for para acabar que acabou!

O problema não é dá minha parte, é da dele. Porque eu ainda gosto muito dele, mas ele diz que já não sente aquele gostar como de antes. Por causa disso demos um tempo, e agora sou eu própria que me estou a afastar dele tentando dar-lhe espaço para ele pensar realmente o que quer, e dar tempo ao meu coração para se ir fortalecendo!
Mas sejamos francas ele já teve mais que tempo para pensar porque isto já não é de hoje, e eu sinceramente estou cansada de tentar lutar por uma coisa que se calhar já não pés para andar, porquê da parte dele não tem ávido esforço para arrumar as suas próprias ideias. Tenho tentado preocupar-me mais comigo...dar valor a mim mesma dar valor ao que eu sou capaz de fazer.

Tenho tentado seguir a minha vida sem ele, mas não tem sido fácil... afinal nunca é fácil seguirmos a nossa vida sem aquela pessoa que amamos!

Se acabarmos, irá ser com o consentimento dos dois é claro, porque ambos gostamos um o outro, porém não quer dizer que não tentemos um dia mais tarde reconciliarmo-nos.
Prometi a mim mesma ser forte, e neste momento as lágrimas correm cara a baixo como um desabafo de uma rapariga a precisar de um pouco de colo.

"Mas vocês já conversaram sobre a situação" perguntam vocês!
Conversamos sim senhora, inclusive disse-lhe tudo o que estava a sentir, a pensar até fui um pouco rude com ele...mas ele merecia. Chorei muito essa noite que tive essa conversa com ele, e foi ele que me consolou por incrível que pareça.

Não sei o que vai acontecer daqui para a frente, mas no final desta semana espero ter uma resposta concreta. O meu coração já está maguado o suficiente, e se for para magoar o resto que seja de uma vez só!

Com o tempo tudo passará...
Quero agradecer também aos poucos que me conhecem pessoalmente é que sabem desta situação, pelo apoio e disponibilidade que têm tido comigo!

A escola acabou

É verdade completei o 12° de Design Gráfico com êxito. Neste momento procuro trabalho mas nao tem sido fácil.
Mas algo há de aparecer...

É estranho, ver que agora o meu irmão começa mais um ano escolar e eu não...acho que vou ter saudades daquilo

A desaparecida voltou

Espero estar mais presente, desculpem o meu somisso mas prometo porcos ocorrentes de tudo!

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Novo bebé a caminho

Bom dia minhas amorinhas campestres....venho com boas noticias.

Vem a caminho um bebé para se juntar há família Quina.
Já tem 3 mesinhos de gestação, e pelo que o médico diz está a crescer bem e saudavel.
Agora vocês perguntam-me "então mas estás grávida?"......







Nãooooo, não estou grávida. Ontem deram nos (familia) a notica que a minha prima está de esperanças.
Mais um reguila se vai juntar a nós, todos dizem que vem menina, eu só quero é que venha com saúde.